UMA PUTA CATIVANTE E UM CAFAJESTE ROMÂNTICO

Já tinha passado da meia-noite, e ela, ao avistar o homem barbudo com face despojada, triste e espirituosa, bebendo solitariamente na calçada de um puteiro, sentou-se ao seu lado.

Ela era uma bela moça. Se chamava July, e suas curvas lembravam alguma divindade esquecida que ainda ressoava na cabeça de alguns homens. O homem, que vestia uma camisa preta e usava algumas pulseiras, se chamava Dário. Tinha estilo, Dário.

Vendo como Dário se punha, segurando uma garrafa de Whisky quase vazia com a mão esquerda, e um cigarro com a mão direita, July resolvera se divertir.

“Ei, posso ajudar? – perguntou a moça. ”

“Claro que sim, na verdade já está ajudando! ”

“Ah, é? Como? ”

“Existindo. Simplesmente me fascina sua existência, vocês, putas, sabe… São mulheres de classe! ” – elogia o homem, sem papas na língua, cuspindo o que pensava.

“Você tá me zoando! Classe? ”

“Sim, classe. O que é classe pra você? “

“Hum, você parece ser um daqueles jogadores da vida. Classe é fazer o que fazemos para que nos respeitem. Se tivermos classe, podemos conquistar quem quisermos. É tudo que sei sobre. “

“Vocês sabem o que fazer, na hora que devem fazer, é por isso que me apaixono por vocês… a todo momento… “

“Então, me diz aí… para você, o que é classe? “

“Depende, para um homem é muito difícil ter classe, está relacionada ao estilo, à roupa, à oratória. “

“E para a mulher? “

“É algo que está na calcinha. “

“Na calcinha? “

“Sim, tudo está lá. Uma mulher de classe nunca deixaria um homem ver sua calcinha se não quisesse. Ela sabe o momento certo para abrir as pernas, e ela tem no subconsciente o olhar e a maneira que vai lhe manter o charme. Seja na hora de sentar ou no momento de tirar a roupa. Ela simplesmente sabe como fazer. Sabe, uma mulher que mostra tudo, sem pensar, ao meu ver, não tem classe, não tem equilíbrio e não conseguirá jamais conquistar o que quer. ”

“Você é engraçado. Me diz, é casado? ”

“Muitos casados passam por aqui? ”

“A maioria dos homens que passam por aqui são casados. Eles gostam de nossa discrição. ”

“Interessante. “

“Então, vai se manter no escuro, senhor mistério?”

“Estou solteiro, mas fui casado por dez anos. “

“Dez anos? E qual é o segredo? Não consigo me imaginar num casamento que dure cinco, quanto mais dez.”

“Vivi com muitas mulheres, até que descobri o segredo. “

“Ah, é? E qual é o segredo? ”

“O segredo está nas necessidades fisiológicas, na cagada. Está em nunca usar o banheiro junto. “

“Você é louco! Como assim? “ – disse a moça, aos risos.

“É simples, nunca deixe que ela “faça” estando em sua companhia. Nem que ela veja você fazendo, pois, quando isso acontecer, logo irá se tornar habitual e isso significará que o amor acabou e o relacionamento se acomodou. A partir de então, será só companheirismo. E não há nada mais assustador que um relacionamento acomodado. Fora que companheirismo sem amor soa entediante. “

“Ei, senhor mistério, qual seu nome? ”

“Prefiro que discrição continue sendo meu forte. ”

“Boa esquiva. Faz tempo que se divorciou? ”

“Sim, alguns anos. Todas as mulheres do mundo não bastam para um homem, que dirá uma. Me divorciei assim que percebi isso. ”

“Faz sentido. ”

“E você, o que faz da vida? ”

“Amor, todos os dias. ”

“Soa mais bonito quando fala assim, mas digo, fora o emprego, que faz? ”

“Vou à praia, ouço músicas e às vezes vou à academia. Sabe como é, tenho que me manter desejável. E você, senhor mistério? Aliás, posso te chamar assim? ”

“Me chama como quiser. Eu? Eu me apaixono todos os dias. Amo amar mulheres, cada uma um universo…”

“E já se apaixonou hoje? ”

“Um homem nunca diz isso. Sabe que, se disser, vai perder todo o charme de ser um escravo do amor. ”

“Está apaixonado por mim, senhor mistério? ”

“Não acha que está sendo indiscreta demais perguntando isso? ”

“E se eu abrir minhas pernas desse jeito…? Você vai se apaixonar por mim? Estarei sendo indiscreta demais para você? ”

“Não faz isso… Minha cueca está ficando apertada. ”

“Que achou de minha calcinha? – Ela insistiu, deixando-o desconcertado. ”

“Casaria comigo? ”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s