Tens toda razão, querido Jack

tens toda razão,
iluminados são, os vagabundos,
querido Jack.
mentes em constante
ascensão,
embriagadas por Buk,
Ginsberg, Buda, cervejas,
Drummond, Cristo…
as estrelas prenunciam
um dia de sol.
o amanhecer sempre chega,
claro, alto.
a hora vai chegar,
cedo, inesperada.
é tudo tão lindo,
tão orgânico quando se aceita
a real condição
da fragilidade humana,
quando se aceita a natureza,
a cruel & linda natureza
do pecado,
do desejo,
da tristeza,
da mortalidade.
não há tempo
para arrependimentos eternos.
por isso, os vagabundos
são os mais puros
de coração,
querido Jack.
afinal, no fundo,
quem não é?
bem, espero que eu tenha razão.

Ana Flavia Sarti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s