A cartomante me disse

A cartomante me disse “não vague
pelas ruas escuras”
E aqui estou eu,
Fazendo da lua
A única luz
Que me guia

A cartomante me disse,
“tenha coragem,
mas tome cuidado”
E aqui estou eu,
Me arriscando pelo desconhecido
Enquanto exploro as
Minhas limitações

A cartomante me disse,
“se não gostar do que eu falei,
ignore, é tudo besteira
e você parece um cara legal”
Foi quando entendi tudo:
As regras
Os conselhos
As restrições, tudo,
São meras palavras
Que são ditas para quem
Deseja se manter preso,
Iludindo-se, e
Acreditando não ter
Se posto
Numa gaiola.

Anúncios

4 Respostas para “A cartomante me disse

  1. Oi, faz um tempo que acompanho o blog, desde que achei um livrinho cheio de poesias incríveis de vocês aqui na minha cidade (Fortaleza, haha). Eu queria pedir para vocês darem uma olhada no que eu escrevo, não tô tentando fazer publicidade não, é só que eu valorizo bastante a opinião de vocês e ia adorar saber o que vocês acham.
    Enfim, o link do blog tá aí, comecei agora :)

    Curtir

    • Oi lara! Tudo bem? Desculpe a demora para responder, será uma honra olhar o que você escreve! Nos estamos meio atarefados, cada um no seu mundo, por isso demoramos. Irei dar uma olhada, qualquer coisa me caça no facebook para trocarmos uma ideia ou deixe um recado em nossa página do FB

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s