suspeito que vejo fantasmas

FOLHAS-DO-OUTONO

todas as manhãs indo para o trabalho vejo um homem

um homem velho

com olhar cansado

de bicho magoado pelas marcas do tempo

traja sempre a mesma roupa e um boné surrado

o óculos fundo de garrafa indica uma miopia profunda

varre as folhas do cinamomo que teimam em cair

varre com o mesmo ritmo cadenciado

com poesia nos movimentos

um carinho especial por cada uma das folhas

como se estas fossem crianças levadas

varre para não limpar

mas para passar o tempo

as cerdas da vassoura em contato com o paralelepípedo da calçada produzem uma música engraçada: sons da manhã

vejo essa mesma cena há anos

sem que necessariamente a tenha percebido

e ind’agora a pouco me ocorreu que

todas as manhãs ele me acena com a cabeça

e murmura um bom dia cansado quase inaudível

e retoma a varreção

sempre no mesmo lugar

na mesma hora:

suspeito que vejo fantasmas

ou, então, o fantasma sou eu

acorrentado sempre aos mesmos costumes

à mesma rotina

impossibilitado de fugir

uma alma penada vagando para o emprego

fazendo sempre as mesmas coisas

os mesmos e-mails

os mesmos textos protocolares

uma vida insossa

e então seja o homem

que interrompe sua varreição

para dar um bom dia educado

a uma alma penada presa numa vida angustiante e medíocre

  • a resposta, coitado, nunca recebeu –

e suspeite que todas as manhãs, quando realiza a primeira tarefa do dia

veja um fantasma, pálido, nada mais que um borrão

caminhando por entre o corredor de cinamomos

a melancolia do purgatório estampada no rosto sem expressão

baixe a cabeça, sem a resposta esperada, e continua a cuidar das suas folhas

que teimam em cair durante a madrugada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s