Hiroshimas e Nagasakis – Saulo Matos

bomba_nuclear

o silêncio
da sua alma
destilada
tão longe
e tão perto
me faz querer
subir as escadarias
do céu e me jogar
lá de cima
à noite,
sentindo o vento
rasgar
minha juventude
atrasada
com as nuvens
rindo dos meus
olhos castanhos
abrilhantados
por uma esperança
requentada.

<

div class=”text_exposed_show”>

nem os pássaros
cantam,
nem os cachorros latem,
os gatos não ronronam
e nem minha sobrinha chora
nos fios de noite domingueira,
o celular não toca nunca
e meus ouvidos não tem
o prazer de ouvir sua voz
aguda e apaziguadora
das Hiroshimas e Nagasakis
que farreiam em minha
consciência.

alguém grite alguma coisa,
arrastem garfos em quadros negros,
ouçam funk ostentação,
soltem peidos estrondosos,
arrotem,
troquem tiros,
qualquer coisa
pelo amor de Deus,
pois o silêncio traz
os meus
mais ensurdecedores
tormentos a tona.

Saulo Matos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s