Esse dom de acreditar

Vejo os fracassos,
As derrotas e as frustrações por perto,
Mas carrego comigo uma simpatia
Que me faz acreditar no homem, mesmo
Quando ninguém mais acredita.

E de alguma maneira,
Sinto que existe algo lá em cima,
Agindo por mim.

Penso nas almas dos grandes escritores,
Me observando
Enquanto os leio
E me dizem coisas importantes
-mesmo não estando mais aqui.

Penso nos deuses que digo nao acreditar,
E até me pergunto:
“Por que? Por que sinto que estão comigo,
Se estou só?”

Depois digo a mim mesmo
Que é tudo uma grande ilusão,
E de novo penso nos fracassados,
Nos iludidos, e até me ponho entre estes,
Mas eu não desisto.

E nao sei porque, ainda
Acredito que esse ato de acreditar,
Vai fazer comigo
Ser diferente

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s