in. verso — Ana Flavia Sarti

5750768398_b28648b072_z

hoje, abri a janela

e olhei pra mim,

olhei pra dentro.

vi folhas com poemas sem um fim,

espalhadas pelo chão,

bagunçadas então pelo vento,

iluminadas apenas pela luz de vela.

porém, a luz entrou e

em todo espaço foi disperso,

pude ver a poeira que estava pelos cantos e

pude ver a sombra de demônios e de santos.

{…}

pela primeira vez, eu me vi pelo “verso”.

Ana Flavia Sarti

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s