Fogo… – Déia Chies

orange-passion

Ela ardia

tal qual fogo.

Quem se aproximava

muito

caso não ardesse

na mesma intensidade

acabava se queimando.

Alguns

também eram fogo

e não a temiam.

Se jogavam

em suas chamas

mas, ainda assim,

vez ou outra

fraquejavam

e acabavam chamuscados.

Seu brilho e calor

por vezes

incomodavam

aos mais gélidos.

Ela

não se importava com isso.

Acreditava que,

na vida,

ou se pega fogo

e se consome

nas próprias chamas,

ou não se é nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s