Máscaras  

 mascara

Caem as máscaras
das faces inertes.
Escorre a tristeza
das faces inertes.
O medo corre
das faces inertes.
A alegria ri
das faces inertes.
O cinismo desdenha
das faces inertes.
Faces inertes…
Dolorosamente inertes!
Inertes à vida
que passa correndo
levantando poeira…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s