Os amantes na casa do fim

vlcsnap-2014-08-21-17h27m39s155

os amantes rolavam
na lembrança do jardim
que brincavam na infância,
mas lá haviam cicatrizes
queimadas e entulhos.
não se assemelhava
em nada a glória dos antigos
dias,
mas para os que amam
uma lembrança boa
era a completude,
era a suficiência necessária
para transformar o inferno
em paraíso
e o odor chamuscado
em perfume de jasmim.

eles estavam juntos,
entrelaçados em línguas
e membros
que dançavam,
eram íntegros,
apesar de um mundo
triste e despedaçado,
eles eram íntegros
e sorriam
como se nada pudesse
atingir seus corpos nus
e interromper sua
libidinagem
e seu amor,
e realmente,
nada podia!

Saulo Matos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s