A decepção da essência genuína sob o fardo da existência supérflua.

Se reparar em seu rosto
notará quem sabe
uma bela imagem,
isso independe
mas se olhar
bem mais no fundo,
se puxar os lábios inferiores
para baixo e os superiores
para cima
notará uma breve parte
do que constitui uma caveira,
e nesse momento
talvez se questione
sobre quão esquisito
és ou até mesmo
de onde provém
tal esquisitice.
Quem sabe se pergunte;
“ Que Deus esquizofrênico
criou isto? ”
“ Como diabos algo evoluiu
até isto ? ”
“ Existe propósito nisso tudo?”
“ Eu realmente tenho algo a fazer
por aqui? ”
“ Onde diabos a minha consciência dormia
quando eu ainda não era nascido? ”
A realidade nos obriga a ignorar
tais questões
que permanecerão por toda
eternidade no âmago
do nosso interior,
uma interrogação gigantesca
que brilha junto com as estrelas
no imenso céu estrelado.

Uma pergunta que ecoa nos
ouvidos da curiosidade instintiva humana
cujo a resposta está tão inacessível
quanto o infinito do universo.

É deprimente
que desde o nosso nascimento
descobrindo na infância
uma insignificante parte do universo
pouco a pouco
enchendo nossos pulmões de
descobertas e soltando
satisfações…
Pra evoluir um pouco mais
e descobrir que iremos sem escolha
parar no meio do caminho
enquanto nosso coração infantil cheio de alegria
em vislumbrar coisas novas
para de bater,
pois o tempo acabou
e uma mudança na rota do conhecimento
acontece,
nos levando a uma estrada onde
a paisagem é sempre a mesma!

Enquanto tudo que desejávamos
em nossa essência genuína já morta
é que o céu não fosse o limite.

Somos tão insignificantes
como as frutas inicialmente verdes
que logo amadurecem e depois apodrecem
e isso é tudo.”
— Rennan Sama

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s