Migalhas e Pão Francês

tudo pode dar errado,
ninguém duvida disso
e temos provas vivas
entre nós e as vezes
somos nós mesmos
com nossa barba por fazer
e cabelos desgrenhados
procurando os cacos
de algo que ainda nem sabemos
que estava quebrado,
mas erguemos a cabeça
pesada demais por motivos demais
e dizemos: “tudo vai dar certo meu Deus,
tudo vai dar certo!”

mas quando qualquer migalha
se transmuta em pão francês quentinho
com mortadela, requeijão
e suco de laranja,
queridos e queridas,
abaixem as cabeças, deixem o peso enterrá-las
aonde acharem mais conveniente,
respirem fundo pra caralho,
até onde seus corpos surrados permitirem
e digam pra si: “Puta que pariu meu Deus,
agora fudeu! Cheguei no fundo e não sei
como subir”.
pois fudeu realmente e não tem pra onde correr,
é uma foda quase palpável,
se existe uma linha entre a esperança, a fé,
e o “corre que deu merda”
é essa!

“bem vindos ao fundo do poço,
nosso serviço de quarto consiste em: nada
cardápio: nada
acomodações: nada
entretenimento: nada
esperança: nada
sonhos: nada”
temos duas opções,
ou cavamos pra descobrir
as maravilhas do limbo
ou tentamos subir
de qualquer jeito.

eu estou tentando subir, mas ainda falta muito.
não vejo nem sinal da luz nem das já esquecidas
portas da esperança
mas continuo na labuta

feito um filho da puta

e você?

Saulo Matos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s